"Alguns sentimentos, experiências, fatos marcantes, pessoas, amizades, conquistas, sons, versos, poemas, imagens, lugares, idéias, ideais, sonhos, paixões, anseios, fôlego... tudo isso transformado em palavra."
[Importante] Caro leitor, sinta-se a vontade em divulgar os textos aqui postados, referenciá-los e etc, só não se esqueça de mencionar a fonte, o autor e o link para o blog. Todos os textos são registrados. Obrigado!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

A glória de conhecer o Senhor

Leia Salmo 8 e I Crônicas 21.

Davi vivia um momento de glórias militares. Derrotou os filisteus, os moabitas, os arameus, os amonitas... subjugou-os, controlou suas cidades, matou reis. Não havia quem não conhecesse Davi, o grande guerreiro!

O que poderia estragar esse momento? Haveria ainda algum rei que quisesse enfrentar Davi e seu exército? Haveria algum desinformado naquela terra que ainda não ouvira falar de Davi?

Mas Davi se encheu de auto-confiança e se esqueceu que suas vitórias foram obtidas unicamente mediante a graça de Deus. “Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas. Mas o que se gloriar glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor” (Jeremias 9:23-24).

O rei Davi cometeu o erro de contar o povo de Israel, sem consultar ao Senhor, e Deus não se agradou disso! Davi estava se gloriando no Senhor ou na sua força? Em Êxodo 30:11-15, o Senhor deu instruções a Moisés sobre o recenseamento do povo: cada recenseado tinha que pagar o resgate de meio siclo como oferta ao Senhor, para que não houvesse praga entre o povo. Davi se esqueceu disso.

O Senhor reprovou a atitude de Davi e feriu Israel com uma praga e setenta mil homens morreram. O profeta Gade lhe deu três opções: três anos de fome, três anos fugindo dos inimigos (que não iriam poupá-lo), ou três dias de praga, que o Senhor enviaria. Davi reconheceu o erro e escolheu cair nas mãos do Senhor.

Sempre que nos enchemos de auto-confiança, superioridade, satisfação ao extremo pelos nossos feitos, nos achando “acima da média”, supercrentes... parece que nosso cérebro fica reduzido ao tamanho de uma ervilha, e esquecemos que as nossas vitórias vêm das mãos poderosas do Senhor, e não do nosso esforço braçal. E, já que estamos cheios de tanta coisa, o Espírito Santo não encontra lugar para operar em nossas vidas. Não há espaço para Ele. Preferimos cear sozinhos...

Porque não nos gloriamos em conhecer o Senhor? Simplesmente e unicamente nisso? Andar com Ele, cear com Ele, conversar, não ter reservas, se debruçar sobre os Seus ensinamentos e, enfim, conhecê-lo um pouco mais a cada dia!

Eu quero conhecer o Senhor intimamente, o Deus que me criou e me cerca de cuidados! Quero que Ele tenha prazer em caminhar comigo, lado a lado, como bons e velhos amigos. E me gloriar sim, mas pelo simples e maravilhoso fato de conhecê-lo!

A Ti, Senhor, toda glória!

segunda-feira, 24 de maio de 2010

O erro de andar só

Muitas das decisões que tomamos em nossas vidas são resultado de outras decisões feitas, sacramentadas, consumadas. Geralmente foram decisões ruins. Não se pode voltar atrás em relação a elas. Se andamos por um caminho que nos levou a uma situação difícil, não vamos querer mais trilhar esse caminho. Se compramos um produto que só nos deu prejuízo, não vamos mais voltar naquela loja. Decidimos assim. Pra que sofrer duas vezes, não é mesmo? Alguém já disse, com certa propriedade: “errar é humano; persistir no erro é burrice.”

O fato é que muitas vezes persistimos. Essas poucas linhas são para falar de apenas um dos muitos erros que cometemos e voltamos a cometer. O erro de andar só.

A Igreja é um corpo composto por muitos membros. Cada membro têm uma função específica e têm dependência vital dos demais membros para sobreviver e fazer funcionar o corpo. Não há possibilidade de ser membro sozinho. O membro que não está ligado ao corpo está morto. A ilustração básica é o corpo humano. Você viveria com certeza sem uma das mãos, mas essa mão não sobreviveria sem estar entranhada ao corpo.

Porque será que insistimos nesse erro? Não podemos fazer mais juntando nossos esforços? Enquanto uns assistem, outros bancam o espetáculo. Enquanto uns reclamam, outros arregaçam as mangas. Não fomos feitos para andar sozinhos. Em todos os momentos das nossas vidas isso é notório. Estamos ligados a outras pessoas, e não apenas por laços sanguíneos, mas laços de amor, de amizade, de cuidado, de zelo. E se estamos falando de uma Igreja que quer comunicar o evangelho de forma sadia, esse sentimento grita mais forte, pois é necessário estar junto para poder demonstrar com clareza o amor de Deus!

Eclesiastes 4:9-12 diz assim: “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa”.

Não corra o risco de andar sozinho e ser surpreendido pelo dia mal sem ter quem o ajude. Você não precisa disso, certo? Chegue mais perto, nem que seja apenas para conhecer. Chegue mais perto, estenda a mão, troque sorrisos, abraços, auxílio. Faça o esforço de sair do anonimato e viver como um membro que pulsa pela obra do Senhor! Há espaço e muito trabalho a fazer!

Não deixe mais um ano passar sem ao menos levantar-se do banco.

Você não precisa caminhar sozinho.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Deixe Deus te usar

Sempre me questionei (e ainda me questiono) se o que faço é a coisa certa a ser feita num determinado momento ou situação específica que esteja vivendo. Sou cristão e amo a Deus, sendo assim, as minhas atitudes precisam se encaixar nesse estilo de vida.

Sempre tive dificuldades de falar do evangelho (nunca fui o cara mais sociável da turma), e ainda hoje as oportunidades precisam aparecer na minha frente. Bem, quando realmente apareciam, eu discursava.

Uma experiência muito prazerosa que tive foi no meu primeiro emprego. Era um escritório de contabilidade com muitas “caras fechadas” pelos corredores, em típico regime militar. Comecei como estagiário, a cada dia conquistando meu espaço, até que fui “apresentado” ao computador. Daí em diante, comecei a me utilizar dessa ferramenta nos trabalhos técnicos do escritório e na hora do almoço, tentava descobrir como funcionavam os programas daquela geringonça, o que eu podia fazer com eles...

Todos sabiam que eu era cristão sem que eu precisasse chegar com uma camiseta dizendo que “Deus é bom” ou algum cartaz ou panfleto da minha igreja. Comecei a fazer amizades, participar de almoços e comemorações de aniversários. Nessas comemorações, descobri que podia fazer mais, além de cantar o “Parabéns”.

Quando o próximo colega do setor fez aniversário, preparei uma mensagem no programa de texto. Escrevi coisas simples, sempre apontando para a bondade de Deus em presentear aquela pessoa com mais um ano de vida, “colei” algumas figuras para que ficasse visualmente parecendo um “cartão de aniversário”. Por último, fiz com que o cartão passasse pelas mãos de todos do setor, para que lessem a mensagem e assinassem, parabenizando o aniversariante. No dia do almoço em comemoração, entregávamos o cartão.

Todos se emocionavam com as palavras e, com toda certeza, uma pequena semente foi plantada em seus corações. Fiquei nessa empresa quase sete anos. Ao sair para outro desafio, levei comigo essa mesma motivação.

(Quando eu era o aniversariante, sempre alguém escrevia um cartão pra mim, nos mesmos moldes do que fazia para os demais. Que fruto maravilhoso!)

A maioria desses textos só serão encontrados nas mãos dos seus respectivos destinatários/aniversariantes, pois falhei em guardá-los. Ainda pude preservar alguns, que no decorrer dos últimos meses postei aqui no blog.

Depois dessa simples experiência descobri que Deus pode me usar de inúmeras formas, até mesmo sem que eu perceba. Posso falar sem emitir qualquer som com meus lábios. Posso viver a vida que Ele me deu, fazendo com que os meus dons glorifiquem silenciosamente o nome Dele. Dons, diga-se de passagem, que Ele mesmo separou para mim e me presenteou.

Todas essas reflexões serviram, eu creio, para sinalizar a obra que Deus começava a realizar na vida de cada um.

Aí vai um aviso para você: Ninguém é desprovido de dons. Descubra os seus e use-os para a glória de Deus.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Os amigos estão sempre por perto

Percorrer a jornada da vida não é fácil, requer esforço, vontade, determinação e muita disciplina! Em alguns momentos corremos, em outros momentos apenas "apertamos o passo". Tem também aqueles momentos em que o desânimo toma conta, daí andamos devagar, quase parando.

Mas a grande realidade, que muitos desconhecem, é que correr não é importante; o que vale mesmo é não parar! Não desanimar no meio do caminho, a poucos passos da linha de chegada. É preciso permanecer...

No decorrer de nossa vida sempre nos encontramos "em aula". Aprender é o nosso desafio; acertar é a nossa missão! Por mais que os erros apareçam, não podemos parar de querer acertar!

Por não sabermos como será o amanhã, o hoje torna-se precioso demais, e não deve ser vivido de qualquer maneira! O amanhã pertence ao Criador, o Deus que tudo sabe! Então só nos resta confiar e descansar Nele, crendo que nossa vida não poderia estar em melhores mãos!

A jornada fica mais fácil quando deixamos Deus ir conosco, lado a lado, vivenciando Sua grandeza e amor! Pois é com Ele que aprendemos os grandes mistérios, os grandes valores! Em tempos difíceis, se estivermos perto, ficará mais fácil segurar Sua mão, e seguir seguro.

Que você siga sempre em frente, não pare para olhar ao redor. Olhe para frente e para o Alvo! Nessa jornada também podemos contar com bons amigos que nos ajudam a vencer os desafios!

Conte conosco! O caminho é longo e não queremos apenas aguardar sua chegada. Vamos caminhar juntos, subir os montes, passar pelos vales, atravessar correntezas... sempre juntos!

Afinal, os amigos estão sempre por perto, se não ao lado, com certeza no coração!

[Da série: “Reflexões para um dia especial – o seu aniversário!”, escrita em 04/12/2004]

Caminhe com quem conhece você

Por mais que os dias pareçam difíceis, cada minuto mais concorrido, o tempo cada vez mais curto, há sempre um motivo especial para comemorar!

Por mais que o céu esteja cinza, sem o brilho do sol... Em tempos de muita chuva, de ventos fortes, há sempre um motivo especial para comemorar!

No cenário de nossa vida passam muitas pessoas, sentimentos, emoções, conquistas... Situações simples que percebemos no ato, e outras que custamos a entender!

É mais saudável valorizar o que se tem do que o que se espera ter. É muito mais proveitoso valorizar o hoje, não esquecendo o ontém "que valeu a pena", e deixar as ansiedades do amanhã aos pés Daquele que tudo pode!

O motivo pelo qual estamos comemorando mais um "hoje" é a certeza de que não estamos sós! É muito mais seguro caminhar com Alguém por perto! E quando esse ilustre Alguém é Deus, não há motivo para preocupações e incertezas.

O seu "hoje" foi todo planejado por Deus! É Ele quem caminha contigo, desde todos os seus "onténs", conhece você desde sempre e já preparou o seu "amanhã" (incluindo os próximos aniversários!).

Esteja sempre alicerçado em Deus. Descansando Nele não faltarão motivos especiais para comemorar!

[Da série: “Reflexões para um dia especial – o seu aniversário!”, escrita em 15/09/2005]

quarta-feira, 12 de maio de 2010

O roteiro de Deus

Cada pessoa tem sempre uma história pra contar. Seja uma história triste, alegre e até mesmo “sem sentido”... Sempre temos o que compartilhar!

As histórias que ouvimos quando pequenos não têm mais graça para nós. O tempo passou e nós crescemos. Nossas histórias hoje são reais. É a nossa vida de cada dia!

São sorrisos, aplausos, conquistas, choro, etc. Tudo bem anotado no diário da memória! E que ninguém se engane: não existe “mar de rosas” quando se trata da realidade!

Mas há algo de maravilhoso nisso tudo! Independente do que você escreveu para sua vida, Deus tem uma história linda para você!

São linhas repletas de amor, parágrafos inteiros de experiências com Ele e capítulos enormes de bênçãos para você! Enfim, uma vida que você só encontra Nele!

O dia de hoje representa apenas algumas linhas... E Deus tem infinitamente mais reservado pra você! Basta seguir o roteiro Dele que o final feliz é garantido!

Parabéns por mais “algumas linhas” de vida!

[Da série: “Reflexões para um dia especial – o seu aniversário!”, escrita em 07/09/2005]

domingo, 9 de maio de 2010

Melhor presente

Só pode oferecer alegria, quem tem alegria. Só pode oferecer paz, quem tem paz. E só pode oferecer amor quem tem amor!

Muitas pessoas podem até enganar-se, e até mesmo iludir outros... Mas ninguém pode oferecer o que não tem!

Hoje você irá receber muitas coisas... Presentes, abraços, lembranças, sorrisos. E nós estamos na fila para lhe ofertar nosso carinho, votos de felicidade, abraços calorosos!

Estamos lhe oferecendo do que transborda nossos corações! Sentimentos verdadeiros que você conquistou! E a cada dia vale mais a pena conhecer você!

Os melhores votos, as melhores bênçãos... É realmente isso que Deus reserva para você! Só Ele pode oferecer alegria, paz e amor, pois Ele é tudo isso! Experimente conhecê-lo! É o melhor presente que você poderia ganhar nesse dia!

Feliz Aniversário!

[Da série: “Reflexões para um dia especial – o seu aniversário!”, escrita em 06/02/2005]

terça-feira, 4 de maio de 2010

Uma grande conquista

O que precisamos para conquistar uma amizade?
O tempo é relativo, as situações imprevisíveis...
Mas mesmo com tantos desencontros,
uma amizade pode surgir e produzir bons frutos!

E realmente foi assim que aconteceu conosco!
Tantas dificuldades e problemas a superar,
Mas conseguimos manter o que há de melhor em cada um de nós:
confiança, unidade e amor!
Com essas armas poderemos ir bem mais longe!

E se o que conquistastes até agora parecer pouco
aos olhos de alguém, não tem problema!
Para nós sempre será uma grande conquista!
E estamos certos que outros triunfos virão,
pois nossos olhos estão continuamente no Senhor!
Somente Ele instrui e ensina o caminho que devemos seguir
e guia-nos com Seus olhos!

Queremos, nesse dia, encorajar você a confiar em Deus todo o tempo!
Daqui em diante não faltarão abraços, amigos e sorrisos
(você conquistou todos eles)!
E também corações dispostos a festejar com você
todos os momentos de sua vida!

Parabéns!

[Da série: “Reflexões para um dia especial – o seu aniversário!”, escrita em 27/07/2003]