"Alguns sentimentos, experiências, fatos marcantes, pessoas, amizades, conquistas, sons, versos, poemas, imagens, lugares, idéias, ideais, sonhos, paixões, anseios, fôlego... tudo isso transformado em palavra."
[Importante] Caro leitor, sinta-se a vontade em divulgar os textos aqui postados, referenciá-los e etc, só não se esqueça de mencionar a fonte, o autor e o link para o blog. Todos os textos são registrados. Obrigado!

sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Deus não tem filhos prediletos

A caminhada cristã é cheia de surpresas. Não há servo fiel que sempre acerte, como também não há servo infiel que não tenha a chance de acertar... Todos somos rigorosamente iguais.

Já ouvi numa pregação que “Deus não tem filhos prediletos”, e ainda concordo com isso! Deus nos trata de igual modo, com seu amor e graça infinitos. Deus também tem uma vontade específica para cada um de nós!

É claro que o filho que se achega mais recebe atenção especial do amoroso Pai; mas aquele filho distante também é muito amado...

Somos naturais de “oliveira brava”, mas o Senhor nos enxertou na “oliveira cultivada” e verdadeira, que é Jesus (Romanos 11:24). Os ramos naturais, devido a incredulidade, foram cortados. O Senhor nos enxertou e permanecemos pela fé na oliveira verdadeira.

Não temos do que nos orgulhar, precisamos temer! O Senhor não poupou os ramos naturais, então o que será de nós, filhos por adoção?

Não há o que apontar. Não há o que falar. Há que se estender a mão e ajudar o ramo que caiu, pois o Senhor é capaz de enxertá-lo outra vez (Romanos 11:23)!

Aprendamos a cada dia a humildade e devoção ao Senhor. Que os nossos olhos vejam nitidamente que nada somos. Que nossos braços sejam a extensão dos braços amorosos do Pai. Em todos os momentos.

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

O exemplo do perseguidor

O apóstolo Paulo estava a caminho de Jerusalém, e mesmo sendo avisado do que aconteceria, não desistiu da viagem. Ele estava pronto “não apenas para ser amarrado, mas também para morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus” (Atos 21:13b).

Após sua transformação, Paulo nunca deixou passar uma oportunidade sequer de falar do amor de Deus! Fez inúmeras viagens e o Espírito Santo o avisava que, em todas as cidades, prisões e sofrimentos lhe esperavam (Atos 20:23).

“Todavia, não me importo, nem considero a minha vida de valor algum...” (v.24). Paulo só queria completar o ministério que o Senhor Jesus lhe confiou.

Esse desejo de seguir adiante, não decepcionar, cumprir com excelência o que foi proposto... precisa estar vivo em nossos corações! Fomos chamados pelo decreto de Deus e não há tempo a perder. Não há mais o que esperar, pois já fomos revestidos de poder. O que falta é agir!

Precisamos estar unidos e fortalecidos em Cristo, pois só Ele nos adestra e nos guia! Um cego não pode guiar outro cego. Um desanimado não pode ajudar quem precisa de ânimo. Ninguém oferece o que não tem. Precisamos firmar nossos pés na Rocha (Cristo), só assim estaremos seguros para sempre!

“Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho...” (Atos 20:28a).

Preparemos nossas redes com diligência, pois é o momento de voltar á pesca!

domingo, 26 de agosto de 2007

A mulher samaritana, eu e você...

Você conhece a história da mulher samaritana. Jesus foi ao seu encontro junto à fonte de Jacó, e na hora exata lhe ofereceu a água viva. A mulher não entendeu, mas Jesus conhecia todos os seus feitos...

“Vejo que és profeta”, disse a mulher, pois Jesus sabia de coisas que ela fazia questão de esconder. A intenção de Jesus não era apontá-la em meio a multidão, e nem humilhá-la, mas sim propor uma mudança de vida! E foi o que aconteceu... Jesus revelou ser o Messias e os olhos da mulher se abriram. Num misto de perplexidade, espanto e admiração ela corre... Deixa para trás o cântaro com a água perecível, mas mergulha na água viva, que é Jesus!

Não há como esconder de Deus as nossas atitudes, pois Ele “conhece todos os nossos feitos”. As nossas atitudes podem ou não glorificar a Deus, dependendo do nosso grau de compromisso com Ele.

Às vezes Deus nos confronta com base em nossas atitudes, pois a sua vontade é que acertemos. O seu cuidado para conosco é extremo... Jesus foi ao encontro da samaritana, e não o contrário. Ele sonda os nossos corações e olha além das nossas palavras e ações.

A nossa necessidade hoje é viver uma vida que agrade a Deus, que o faça sorrir!

A mulher samaritana, ao ser confrontada por Jesus, não hesitou em deixar para trás sua vida de erros (cântaro com a água perecível) e viver a nova vida apresentada pelo Messias (água viva).
Antes de apontarmos a Verdade para outros, precisamos vivê-la intensamente. Antes de oferecer a água viva, precisamos estar submersos em Sua profundidade. Será que estamos dispostos?

Leia João 4 : 26 a 29 ; 39 a 42

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Graça e segunda chance

Falar da graça de Deus é falar de uma “segunda chance”, uma nova oportunidade em Cristo Jesus de nos aproximarmos de Deus. E foi exatamente isso que Deus permitiu ao homem através da morte de Cristo! Eis aí a nossa redenção, a nossa “segunda chance”. A porta agora está aberta, podemos (em Cristo) nos achegar a Deus!

Imagine a seguinte situação: Você está desesperado, correndo numa estrada sem saber pra onde ir. Daí você ouve uma voz que quebra todo aquele ambiente de tensão... É Deus quem diz: “Esta estrada está tortuosa demais, cheia de buracos e sobressaltos... Faça a volta no próximo retorno! Eu permito que voltes a mim...” Ah... mais que depressa você volta. Não há como resistir ao apelo do amor de Deus! Você também tem a opção de seguir viagem e se distanciar cada vez mais Dele...

A graça é de graça. É presente dado por Deus sem cobrar nada! Somos salvos pela graça, mediante a fé em Cristo Jesus. Você não precisou mover uma palha para que Deus resolvesse te salvar. Ele simplesmente, por amor, planejou o nosso escape, a nossa “segunda chance”!

Obras? Não... nenhuma delas, por maiores que sejam, por mais tocantes que sejam, não poderiam salvar-nos! Você pode estar no púlpito, na recepção, no ministério de louvor (oooh....), sentado... ou mesmo consolidando vidas... a graça de Deus te alcança aí onde você está!
Então esqueça o cargo, o status, a posição, a imagem que as pessoas possam fazer de você... lembre-se da graça!

E fique atento(a), não perca as “segundas chances” de Deus para sua vida!

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Palavras a um amigo, num momento de dor

Em nossa vida acontecem coisas com muita rapidez, o tempo passa e nem percebemos. O mundo gira numa velocidade estrondosa... Os anos realmente estão sendo abreviados!

Há situações na nossa vida que não compreendemos o porquê de estarmos passando por elas... Há momentos que paramos para analisar as coisas e não conseguimos entender... Nesses momentos pensamos que estamos sós em meio a multidão que nos cerca. Temos essa capacidade de pensar que estamos enfrentando tudo sozinhos... Mas quando olhamos para nossos braços e vemos que não temos forças para prosseguir, que sozinhos não vamos vencer tudo e todos... Daí vem a tristeza, as lágrimas, o desânimo...
Ouvimos falar de tantas promessas, tantas bênçãos, tantas conquistas... E como ficamos diante de tanta luta? Como entender, se cremos num Deus Poderoso, que pode tudo resolver? A mente parece fervilhar de tantos questionamentos...

Realmente ´ouvimos´ falar de um Deus Todo-Poderoso, mas dizer que O conhecemos, é engano! Tudo o que vemos e ouvimos de um Deus que pode curar, limpar e libertar, não passa de uma mera história, se realmente não vivemos tudo isso! Com certeza o que nos falta é crer mais em Deus!
Deus se compromete conosco quando depositamos nossa confiança Nele! E Ele não tem compromisso algum com quem duvida do Seu poder... Ele só garante vida a quem está debaixo de suas asas! Ele só garante vitória a quem está disposto a lutar! E o mais impressionante de tudo isso, é que Ele luta junto conosco! Não nos abandona no meio do combate, mas vence conosco!
Se estiveres na fornalha, Ele está lá contigo! Se estiveres na cova dos leões, Ele está lá contigo e te guarda! Se estiveres no ventre do peixe, Ele estará lá contigo e te dará o livramento!

Precisamos confiar e viver as promessas que Deus nos entregou! Enterrar o talento não é a solução! É mais honroso trabalhar por ele, fazê-lo crescer e dar frutos...

Deus não escolhe os ´capacitados´ e 'entendidos', mas prefere trabalhar com os menos desprovidos, tal qual eu e você...

Demonstrar o amor a cada um de nós, Ele faz com todo o prazer! Cabe a cada um perceber, agradecer e aproveitar! Não se permita estar na guerra, sem tirar o máximo proveito dela! Não se permita errar e permanecer no erro, demonstrando que nada aprendeu... Deus nos dá todas as chances de acerto do mundo! Quem as desperdiça somos nós! Quão ingratos somos...

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Milagre e graça: todo dia, todo instante...

Há um milagre em nossas vidas que não pode passar despercebido. Se levantamos, lavamos o rosto, tomamos um bom banho, nos arrumamos, preparamos um café, ganhamos a rua rumo ao trabalho, passamos pelos imprevistos de um trânsito irresponsável e o dia corre na mesma rotina... Voltamos para casa exautos, mais sãos e salvos...

Há graça abundante para nós todos os dias! É como se Deus renovasse o nosso estoque de graça a cada noite de sono, para que no dia seguinte possamos estar de pé e vencer...

Imagine a sua vida sem a graça de Deus, sem Sua mão acolhedora... Simplesmente não dá para imaginar, dá um “branco”em nossa mente, pois toda a nossa existência sempre dependeu Dele e o inverso nunca aconteceu!

Quando entendemos a nossa insignificância, encontramos o real significado das nossas vidas: DEUS! Não temos vontade própria (nossa vontade é a de Deus); não vivemos para nós mesmos; somos eternos dependentes Dele; todo o sentido de nossas vidas, começo, meio e fim se definem em Deus.... O primeiríssimo lugar é sempre Dele!

Não se sinta pressionado, sinta-se amado! Deus não é carrasco, Deus é Amor! Toda essa narrativa é para que venhamos a entender que Deus nos enche de cuidados... Como um pai que segura firme a mão do filho, olha para um lado... outro lado, e atravessa a movimentada rua de nossas vidas.