"Alguns sentimentos, experiências, fatos marcantes, pessoas, amizades, conquistas, sons, versos, poemas, imagens, lugares, idéias, ideais, sonhos, paixões, anseios, fôlego... tudo isso transformado em palavra."
[Importante] Caro leitor, sinta-se a vontade em divulgar os textos aqui postados, referenciá-los e etc, só não se esqueça de mencionar a fonte, o autor e o link para o blog. Todos os textos são registrados. Obrigado!

domingo, 26 de agosto de 2007

A mulher samaritana, eu e você...

Você conhece a história da mulher samaritana. Jesus foi ao seu encontro junto à fonte de Jacó, e na hora exata lhe ofereceu a água viva. A mulher não entendeu, mas Jesus conhecia todos os seus feitos...

“Vejo que és profeta”, disse a mulher, pois Jesus sabia de coisas que ela fazia questão de esconder. A intenção de Jesus não era apontá-la em meio a multidão, e nem humilhá-la, mas sim propor uma mudança de vida! E foi o que aconteceu... Jesus revelou ser o Messias e os olhos da mulher se abriram. Num misto de perplexidade, espanto e admiração ela corre... Deixa para trás o cântaro com a água perecível, mas mergulha na água viva, que é Jesus!

Não há como esconder de Deus as nossas atitudes, pois Ele “conhece todos os nossos feitos”. As nossas atitudes podem ou não glorificar a Deus, dependendo do nosso grau de compromisso com Ele.

Às vezes Deus nos confronta com base em nossas atitudes, pois a sua vontade é que acertemos. O seu cuidado para conosco é extremo... Jesus foi ao encontro da samaritana, e não o contrário. Ele sonda os nossos corações e olha além das nossas palavras e ações.

A nossa necessidade hoje é viver uma vida que agrade a Deus, que o faça sorrir!

A mulher samaritana, ao ser confrontada por Jesus, não hesitou em deixar para trás sua vida de erros (cântaro com a água perecível) e viver a nova vida apresentada pelo Messias (água viva).
Antes de apontarmos a Verdade para outros, precisamos vivê-la intensamente. Antes de oferecer a água viva, precisamos estar submersos em Sua profundidade. Será que estamos dispostos?

Leia João 4 : 26 a 29 ; 39 a 42

Nenhum comentário: